2013 | 2015

Projeto BRISEIDA – combate ao tráfico para fins de exploração laboral

Objetivos: sensibilizar empregadores, consumidores dos sectores considerados de (alto) risco (construção civil, agricultura e outros) e o público em geral, para o fenómeno do tráfico de seres humanos para fins de exploração laboral. Para a prossecução do objetivo central do projeto estão planeadas diversas atividades como: o desenvolvimento de uma campanha de sensibilização pública; o desenvolvimento de acções formação sobre tráfico de seres humanos para fins de exploração laboral, em cada um dos países parceiros (Portugal, Suécia, Roménia, Reino Unido), destinada a profissionais que poderão vir a contatar com estas vítimas – profissionais de saúde, técnicos de apoio à vítima, polícias. Estão igualmente previstas reuniões de sensibilização com profissionais dos sectores de risco, bem como a elaboração de um manual de procedimentos. Com este manual pretende-se desenvolver um conjunto de procedimentos que permitam uma melhor abordagem do tráfico de seres humanos para fins de exploração laboral por parte dos representantes dos referidos sectores.

Parceiros Nacionais: Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT); Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF); Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP); Observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH)

Parceiros Transnacionais: Crime Victim Compensation and Support Authority (Suécia); Soros Foundation (Roménia); The Tavistock Institute of Human Relations (Reino Unido), La Strada International (Holanda)

Duração: 1 Setembro de 2013 a 31 de Agosto de 2015

Projeto promovido pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) e co-financiado pela Comissão Europeia no âmbito do Programa Prevenir e Combater a Criminalidade

 

Project BRISEIS – fight against trafficking for forced labour

Objectives: to raise the awareness of employers, consumers of the high risk sectors and the general public for the phenomenon of trafficking in human beings for means of forced labour. In order to achieve the proposed objective there are planned several activities: the development of an awareness raising campaign; the development of training sessions on trafficking in human beings for means of forced labour in each partner country (Portugal, Sweden, Romania, United Kingdom) aimed at professionals who might get in contact with these victims – professionals from healthcare, victim support workers, law enforcement. There are also planned awareness raising meetings with professionals from the high risk sectors and the development of a procedures handbook. With this handbook it is aimed to develop several procedures to allow a better approach to the above mentioned sectors.

National Partners: Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT – Authority for Labour Conditions); Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF – Immigration and Border Services); Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP - General Confederation of Portuguese Workers); Observatório do Tráfico de Seres Humanos (OTSH – Observatory on Trafficking in Human Beings)

Transnational Partners: Crime Victim Compensation and Support Authority (Sweden); Soros Foundation (Romania); The Tavistock Institute of Human Relations (United Kingdom); La Strada International (The Netherlands)

Duration: September 1st 2013 until August 31st 2015

Project promoted by the Portuguese association for Victim Support and co-financed by the European Commission under the Programme Prevention and Fight Against Crime