banner irs2020 top

Projecto Títono (In)Formar promoveu curso de formação a agentes da PSP Porto

Publicado .

A APAV tem verificado que, desde 2000 até ao ano 2011, houve um aumento de 158,3% do total das pessoas idosas vítimas de crime. De 290 processos de apoio/vítimas pessoas idosas em 2000, passamos a observar 749 em 2011. Entre 2000 e 2011 a APAV recebeu 6.249 pessoas idosas vítimas de crime. Com estes processos de apoio a APAV verificou que existe um insuficiente conhecimento do tema por parte das vítimas, familiares e prestadores de cuidados, bem como uma insuficiente informação e capacitação dos profissionais para intervirem nestas situações.

Assim sendo, no âmbito do projecto Títono (In)Formar – Apoio a Pessoas Idosas Vítimas de Crime e de Violência (apadrinhado pela SIC Esperança), a APAV tem desenvolvido diversos cursos de formação sobre Pessoas Idosas Vítimas de Crime e de Violência, ao longo do País e dirigido a diferentes profissionais de diferentes áreas de formação com especial adesão das forças de segurança. Desde o inicio do projecto realizou oito cursos de formação tendo contado com participação de 156 formandos/as.

No presente mês, nos dias 17 e 18 de Setembro, foi dinamizado o terceiro curso no Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública do Porto que contou com a participação de 23 agentes. Esta iniciativa surge do reconhecimento de que a violência contra as pessoas idosas constitui um problema social, de saúde pública e de segurança, considerando-se que o seu eficaz combate pode contribuir para um futuro mais inclusivo, onde todos sejam respeitados ao longo do ciclo de vida, nomeadamente no contexto de um envelhecimento activo e saudável. A prevenção e combate à violência praticada contra as pessoas idosas impõem-se, adicionalmente, por celebrarmos actualmente o Ano Europeu do Envelhecimento Activo e da Solidariedade entre Gerações, como um compromisso que é de todos.