APAV participa em webinar sobre assédio e abuso no futebol

Publicado .

O Sindicato dos Jogadores promoveu no dia 12 de agosto um webinar sobre assédio e abuso no futebol. Este evento ocorreu no âmbito do projeto HALT - Halting Harassment and Abuse in Sports using Learning Technologies, financiado pelo programa Erasmus+ da Comissão Europeia.

A mesa-redonda sobre os desafios e estratégias no combate ao assédio contou com a participação de quatro oradores: Carla Ferreira (gestora técnica da rede CARE – apoio a crianças e jovens vítimas de violência sexual, da APAV), Miguel Nery (psicólogo clínico e docente da Universidade Europeia), Gonçalo Santos (jogador profissional de futebol) e Rita Fontemanha (jogadora do Sporting CP).

O projeto HALT foca-se essencialmente na sensibilização e prevenção do assédio e abuso no desporto, através da criação e exploração de um conjunto de metodologias de aprendizagem (jogos digitais, material divulgativo, media audiovisuais, criação de uma comunidade de prática online, etc.) desenvolvidas por académicos (AUTH, UEC) e promovidas por uma rede de organizações desportivas como federações (EGO, EUSA) e entidades representativas de atletas (SJPF, AJFSF).

Para mais informações: sjogadores.pt

Já é mais fácil elogiar o trabalho da APAV

Publicado .

Livro Elogia APAV

"É preciso elogiar, reconhecer o que é bom e ousar deixar isso registado."

O Livro de Elogios lançou a campanha Elogia.pt, para sensibilizar a sociedade portuguesa a elogiar. Tornar o elogio uma prática do dia a dia dos portugueses é o objetivo.

No âmbito de uma parceria efetuada com a APAV, agora já é possível online e de forma mais fácil aos parceiros e utentes da rede de proximidade da APAV a nível nacional deixarem o seu elogio relativamente aos colaboradores e ao atendimento recebido através dos serviços APAV.

Pode deixar o seu Elogio aqui:

elogiar.livrodeelogios.com/elogiar/apav

Fique a conhecer melhor a Rede CARE

Publicado .

A Rede CARE nasce do Projeto CARE — rede de apoio especializado a crianças e jovens vítimas de violência sexual, que arrancou em 2016 e conta com financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian desde o seu início. Como acontece com outras redes especializadas da APAV, a Rede CARE parte do modelo de apoio da APAV para o desenvolvimento de procedimentos próprios, específicos e adequados a esta tipologia de crime.

A Rede CARE pretende empoderar as comunidades e, para esse efeito, promove ações de sensibilização com crianças e jovens, cuidadores/as e profissionais. Neste sentido, esta rede de apoio especializado tem desenvolvido um trabalho contínuo de formação e sensibilização, tendo, especificamente nesta última, abrangido quase 18.000 participantes.

Consolidada a presença em diferentes localidades do país e ainda assim associada a uma lógica de mobilidade, para que os/as técnicos/as possam deslocar-se até mais próximo das vítimas, a Rede CARE está disponível para prestar apoio gratuito e confidencial a qualquer pessoa. Entre 2016 e 2020 foram apoiados/as 1.599 crianças e jovens, 173 familiares e amigos/as e realizaram-se 21.938 atendimentos. Estes números representam uma média mensal de 27 novos processos e 365 atendimentos.

Neste momento, pode destacar-se que a Rede CARE está a investir na implementação de um Programa de Prevenção destinado a crianças e jovens desde o ensino pré-escolar até ao ensino secundário/profissional. Está em curso também a dinamização de oficinas de trabalho para profissionais que visam dotá-los/as de ferramentas essenciais para a identificação e ação perante situações suspeitas ou revelações de episódios de violência sexual.

Desde Abril de 2021, tem sido lançado mensalmente um novo vídeo informativo sobre o fenómeno da violência sexual ­— que estão também disponíveis no site da Rede CAREaqui.

A culpa nunca é tua. Se já aconteceu contigo, não fiques em silêncio.

Linha de Apoio à Vítima | 116 06 (dias úteis, 08h-22h)

APAV participa em webinar sobre assédio e abuso no futebol

Publicado .

No âmbito do projeto HALT (Halting Harassment and Abuse in Sports using Learning Technologies), financiado pelo programa Erasmus+ da Comissão Europeia, o Sindicato dos Jogadores promove na próxima quinta-feira, 12 de agosto, um webinar sobre assédio e abuso no futebol.

Pelas 18h30, terá início a mesa-redonda sobre os desafios e estratégias no combate ao assédio, com a participação de quatro oradores: Carla Ferreira (gestora técnica da rede CARE – apoio a crianças e jovens vítimas de violência sexual, da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima – APAV), Miguel Nery (psicólogo clínico e docente da Universidade Europeia), Gonçalo Santos (jogador profissional de futebol) e Rita Fontemanha (jogadora do Sporting CP).

O projeto HALT foca-se essencialmente na sensibilização e prevenção do assédio e abuso no desporto, através da criação e exploração de um conjunto de metodologias de aprendizagem (jogos digitais, material divulgativo, media audiovisuais, criação de uma comunidade de prática online, etc.) desenvolvidas por académicos (AUTH, UEC) e promovidas por uma rede de organizações desportivas como federações (EGO, EUSA) e entidades representativas de atletas (SJPF, AJFSF).

Saiba mais aqui.