banner irs2020 top

Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas

 

Tendo em conta a recomendação do Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC) de 01/07/2009, dirigida aos Serviços e Organismos da Administração Pública Central, Regional e Local, direta ou indireta, incluindo o sector empresarial local, âmbito este que não abrange a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), entendeu esta Associação aderir voluntariamente a esta iniciativa por razões de transparência e por reconhecer e partilhar o importante objetivo destes Planos de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas.

Este plano começa por apresentar e enquadrar a APAV, abordando a sua história, visão e missão, ao que se segue a explanação do modelo organizativo atual. No corpo central do trabalho procede-se, para cada uma das unidades orgânicas, à identificação da missão e dos responsáveis, à avaliação dos riscos de corrupção e infrações conexas, à exposição de medidas preventivas e de instrumentos de controlo interno.

 


Plano de Gestão de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas