banner irs2020 top

15 Maio | Dia Internacional da Família

Publicado .

No dia 15 de maio celebra-se o Dia Internacional da Família. A data foi escolhida pela Assembleia Geral da ONU que proclamou o dia, tendo sido celebrado pela primeira vez em 1994. A APAV alerta para os objetivos que a celebração do dia proclama:

  • A importância da família na estrutura do núcleo familiar e o seu relevo na base da educação infantil;
  • Reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão necessárias para o bom relacionamento de todos os elementos que compõem a família;
  • Chamar a atenção da população para a importância da família como núcleo vital da sociedade e para seus direitos e responsabilidades desta;
  • Sensibilizar e promover o conhecimento relacionado com as questões sociais, económicas e demográficas que afetam a família.

Neste dia a APAV relembra a campanha de sensibilização contra a violência doméstica. A campanha de alerta "Catálogo HOME", desenvolvida pela agência FCB Lisboa, tem forma de catálogo e tem por objetivo sensibilizar sobre a Violência Doméstica.

AVON lança movimento global #isoladassimsozinhasnao e doa 18.300€ à APAV

Publicado .

APAV AVON banner 03

A Fundação Avon para as Mulheres, para dar resposta ao possível aumento da violência doméstica durante a pandemia COVID-19, doou 1 milhão de dólares a ONGs de todo o mundo que prestam serviços na linha de frente, tais como linhas de apoio e casas de abrigo.

Em Portugal, a Avon doou à APAV 18.300€ para apoiar projetos que ajudem mulheres e crianças neste período de isolamento, que estão num risco ainda maior de serem agredidas física e psicologicamente, já que se encontram a passar mais tempo em casa com os /as agressores/as.

Entre 2009 e 2018, a AVON conseguiu angariar 81 mil euros para a APAV e em 2019 a verba alcançada pela marca teve como destino as Estruturas de Acolhimento desta instituição, que abrigam mulheres e crianças vítimas de violência doméstica.

A iniciativa #isoladassimsozinhasnao da AVON, neste contexto atual de pandemia, é especialmente importante para a APAV e para a população vulnerável que apoia. Através deste donativo reforçamos o apoio a mulheres e crianças vítimas de violência doméstica acolhidas nas Casas de Abrigo da APAV, que encontram nesta resposta um apoio para situações que requerem proteção imediata, assim como um espaço seguro para reiniciar um novo projeto de vida.

A APAV, no âmbito da iniciativa #isoladassimsozinhasnao, partilha a Carta Aberta da AVON aos governos de todo o mundo - Unidos pelos sobreviventes da violência doméstica.

A Carta Aberta em Português pode ser lida aqui .

APAV lança a 2.ª edição do Prémio APAV para o Jornalismo

Publicado .

Logo Premio APAV Jornalismo 2020 AECI

Com o propósito de reconhecer a qualidade, a relevância e a importância do jornalismo feito em Portugal, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima lança a segunda edição do Prémio APAV para o Jornalismo.

O Prémio, que conta com o apoio El Corte Inglés, é atribuído anualmente à melhor peça jornalística que, no ano anterior, tenha contribuído para o conhecimento dos temas ou problemas relacionados com o apoio às vítimas de crime em Portugal.

Poderão concorrer trabalhos jornalísticos desenvolvidos nas seguintes categorias: imprensa, rádio, televisão, jornalismo digital e ilustração/cartoon. As candidaturas deverão ser submetidas, até dia 31 de maio, através de formulário online.

O Prémio APAV para o Jornalismo tem um valor monetário de 1.500 euros e será ainda entregue um troféu, da autoria do designer Gonçalo Falcão.

O painel de jurados é constituído por Álvaro Laborinho Lúcio (Associado-Fundador e Presidente da Mesa da Assembleia Geral da APAV), Sofia Branco (Presidente do Sindicato dos Jornalistas) e André Sendin (Presidente da Escola Superior de Comunicação Social). A data de entrega do Prémio será divulgada futuramente.

Para mais informações:
apav.pt/premiojornalismo

APAV emite parecer sobre iniciativas legislativas sobre Violência Doméstica

Publicado .

 

Parecer da APAV referente à Proposta de Lei nº 28/XIV/1.ª – Alterações a Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro e aos Projetos de Lei n.ºs 352/XIV/1.ª (PCP) – Reforça as medidas de proteção das vítimas de violência doméstica (6.ª alteração à Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro), 358/XIV/1.ª (PEV) – Apoio à vítimas de violência em época de pandemia, 361/XIV/1.ª (BE) – Proteção da criança ou jovem no seu bem-estar e desenvolvimento sustentável (36.ª Alteração ao Código de Processo Penal e 6.ª alteração à Lei n.º 112/2009, de 16 de setembro e 50.º Alteração ao Código Penal) e 364/XIV/1.ª (IL) – Consagração expressa do crime de exposição de menor à violência doméstica (50.ª Alteração ao Código Penal).

Consulte aqui o documento:
Parecer da APAV sobre iniciativas legislativas sobre Violência Doméstica

Comunicado de repúdio pelas declarações de André Ventura

Publicado .

As Associações representantes das Comunidades Ciganas, tendo sido confrontadas com a notícia do Jornal i de segunda-feira, dia 4 de maio, sobre declarações do Deputado André Ventura do Partido Chega a defender que “É preciso um plano de confinamento específico para a comunidade cigana”, tomaram posição através de um comunicado de repúdio, que conta com outras Associações antirracistas e de defesa dos Direitos Humanos e de pessoas individuais, que sendo figuras públicas se quiseram associar.

Nomes como Ricardo Quaresma, Leonor Teles, Luís Filipe Menezes, Ana Gomes, Carlos Narciso, Pedro Bacelar de Vasconcelos, Francisco Louçã e Marisa Matias e o elenco do Teatro da D. Maria II, associaram-se a este comunicado. A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima associa-se a esta iniciativa e subscreve também o comunicado.

Consulte aqui o documento na íntegra:
Comunicado