APAV participa no X Congersso Internacional para o Estudo da Violência contra a Mulher

Publicado .

O Ministério da Igualdade, Políticas Sociais e Conciliação, por meio da Direção Geral de Violência de Género, Igualdade de Tratamento e Diversidade, lança a décima edição do Congresso Internacional para o Estudo da Violência contra a Mulher, um fórum de reuniões , participação, formação e pesquisa em violência de género.

As sessões presenciais deste X Congresso Internacional serão realizadas nos dias 2 e 3 de dezembro, no Palácio de Exposições e Congressos de Sevilha. A APAV estará representada no painel sobre experiências internacionais no âmbito da violência de género, através de Daniel Cotrim.

A organização deste congresso baseia-se na convicção de que a formação e a informação permanente e especializada sobre violência de género e a participação de diferentes áreas diretamente relacionadas com o seu tratamento, como profissionais e equipas que trabalham nos diferentes sistemas de promoção e a proteção social e as associações de mulheres, grupos, agentes sociais e associações profissionais dos diferentes territórios são fundamentais para continuar a avançar na prevenção, atenção e erradicação da violência de gênero.

VI Jornadas de Santarém Contra a Violência

Publicado .

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, através do Gabinete de Apoio à Vítima de Santarém e da Equipa Móvel da Lezíria do Tejo, promoveu as VI Jornadas de Santarém Contra a Violência no dia 28 de Novembro, no Teatro Sá da Bandeira.

A sessão de abertura contou com a presença de João Lázaro (Presidente da APAV), Ricardo Gonçalves (Presidente da CM Santarém) e Pedro Ribeiro (Presidente da CIMLT – Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo). O evento contou com quatro painéis principais: violência em relações de intimidade; combate ao cibercrime; vítimas especialmente vulneráveis; e uma reflexão sobre a vítima.  Agradecemos a todos os oradores e participantes que contribuíram para o sucesso deste evento.

APAV assina Carta de Compromisso para a Justiça Restaurativa

Publicado .

No dia 26 de novembro a APAV marcou presença na Conferência Comemorativa dos 20 anos da CONFIAR - Associação de Fraternidade Prisional, PF/Portugal, que pretendeu debater a importância da Justiça Restaurativa em Portugal.

Durante a conferência decorreu a assinatura de um protocolo entre a APAV, que esteve representada pela Secretária-Geral, Carmen Rasquete, o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (representado pelo Presidente do Instituto, Manuel Meirinho) e a Confiar-PF/Portugal (representada pelo Presidente, Luís Gagliardini). Este protocolo visa a criação de processos restaurativos no sistema de justiça. 

O protocolo assinado pelas três entidades visa apostar no reforço da sensibilização, para que a sociedade reconheça a necessidade de intervir junto das vítimas e também na reabilitação e capacitação dos reclusos, ex-reclusos e suas famílias como forma de diminuir a criminalidade e a reincidência.

A APAV esteve também representada durante o painel “Do projeto ‘Strategies for change’ à justiça restaurativa em contexto prisional”, do qual participaram Frederico Moyano Marques, Jurista e Assessor Técnico da Direção da APAV, e Sónia Moreira Reis (Assistente da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa).

Exposição "Olha" de Valter Vinagre na Presidência do Conselho de Ministros

Publicado .

 

Em parceria com a APAV, a Presidência do Conselho de Ministros acolheu a exposição "Olha". Esta exposição de fotografia reúne um conjunto de trabalhos do fotógrafo Valter Vinagre, sendo o resultado de uma colaboração com a APAV, com o objetivo de retratar o universo das vítimas de crime em Portugal. A exposição foi inaugurada no dia 25 de novembro, assinalando o Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres, com a presença de Mariana Vieira da Silva, Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, e João Lázaro, Presidente da APAV.

Estatísticas APAV: Vítimas de Violência Doméstica 2013-2018

Publicado .

Assinalando o dia 25 de novembro, Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima apresenta as Estatísticas APAV: Vítimas de Violência Doméstica 2013-2018.

Neste período, a APAV registou um total de 43.456 processos de apoio a pessoas vítimas de violência doméstica. Estes valores traduziram-se num total de 104.729 factos criminosos.

A residência comum continua a ser o local de maior ocorrência dos crimes (em cerca de 64 % das situações). As queixas/denúncias registadas ficam nos 41,2 % face ao total de autores/as de crime assinalados/as.

As vítimas continuam a ser maioritariamente do sexo feminino - cerca de 86 %. Esta é a mesma percentagem de autores do crime/agressores do sexo masculino. As vítimas são sobretudo mulheres casadas (33,7 %) e pertencem a um tipo de família nuclear com filhos/as (41,2%).

O fenómeno da violência doméstica contra as mulheres abrange vítimas de todas as condições e estratos sociais e económicos. A violência - física, psicológica, sexual, financeira – não pode ser tolerada.

Se é vítima de violência, contacte a nossa Linha de Apoio à Vítima - 116 006 (chamada gratuita, dias úteis, 9h-21h). Estamos disponíveis para apoiar através do Messenger (facebook.com/APAV.Portugal), do Instagram e por videochamada (Skype: apav_lav).

Estatísticas APAV: Vítimas de Violência Doméstica 2013-2018