Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) de Tavira

Publicado .

O Município de Tavira celebrou com o Instituto da Segurança Social, a Administração Regional de Saúde do Algarve, o Alto Comissariado para as Migrações, a Guarda Nacional Republicana, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Ministério Público (Procuradoria da República da Comarca de Faro), a Polícia de Segurança Pública, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, o Centro Humanitário de Tavira da Cruz Vermelha Portuguesa, a Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Tavira, o Movimento de Apoio à Problemática da Sida e a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima o protocolo para a constituição do Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo (NPISA) de Tavira.

O presente protocolo advém da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas em Situação de Sem-Abrigo (2017-2023) que visa promover, informar, sensibilizar e educar para o fenómeno das pessoas nesta situação, assim como reforçar a sua inclusão.

Compete ao NPISA a realização do diagnóstico local sobre a questão de pessoas em situação de sem-abrigo, a identificação e mobilização dos recursos necessários à resolução deste problema, a criação de um plano de ação, a identificação das necessidades de formação das equipas e, ainda, a realização de relatórios anuais.

Ao celebrar este protocolo estão reunidas as condições para a criação e implementação do NPISA de Tavira e a definição dos compromissos a assegurar pelas entidades parceiras na promoção das condições de autonomia e do exercício pleno da cidadania da população em situação de sem-abrigo.

Tertúlia: Discriminação contra Pessoas Migrantes

Publicado .

cartaz tertúlia 07 11 face

A APAV e a Casa do Brasil de Lisboa realizaram, a 7 de novembro, pelas 16.00, nas instalações do Centro de Formação da APAV em Lisboa, a tertúlia Discriminação contra Pessoas Migrantes.

A tertúlia contou com a presença de Joana Menezes, gestora da Rede UAVMD - Apoio à Vítima Migrante e de Discriminação, e Thaís França, ativista feminista brasileira.

A sessão integrou o ciclo Tertúlias para a Participação Migrante, dinamizado pela Casa do Brasil no âmbito do Projeto Migrante Participa Fora de Portas – Caminhos para Igualdade. O ciclo contou ainda com a participação do Alto Comissariado para as Migrações, pretendendo fomentar espaços de partilha de experiências e conhecimentos sobre temas relacionados com a comunidade migrante em Portugal.

APAV participa em ciclo dedicado à sensibilização contra o bullying

Publicado .

0f56951f 5801 4bac 80f0 bf88ee0e6859

A APAV divulga a estreia do filme Desculpa! - Uma História sobre Bullying, de Dave Schram, um filme distribuido em Portugal pela Zero em Comportamento. O filme estreou a 17 de outubro em Lisboa (Cinema City Campo Pequeno).

A Zero em Comportamento promoveu, até 30 de outubro, após as sessões, um ciclo de conversas sobre temas relacionados com o bullying, o cyberbullying e sua prevenção e combate nas mais diversos contextos.

No dia 28 de outubro, Ricardo Estrela, gestor da Linha Internet Segura (operacionalizada pela APAV), integrou este ciclo de conversas com o tema “Risco nas relações de intimidade online e divulgação não-consensual de imagens e vídeos”.

TAP entrega donativo à APAV

Publicado .

No dia 23 de outubro, a TAP entregou um donativo à APAV, no valor de 1.410,97€. O valor foi angariado através de uma iniciativa interna da TAP, que consistiu na venda de mobiliário antigo da empresa aos seus colaboradores.

A TAP tem sido um forte aliado da APAV no desenvolvimento da sua atividade de apoio às vítimas de crime. Através do programa Donate Miles, a TAP tem contribuído para potenciar a ação internacional da APAV.

Com o donativo agora recebido a APAV assume o compromisso de continuar a apostar na promoção dos direitos das vítimas de crime, bem como no diálogo internacional com associações parceiras.

Dia Municipal para a Igualdade | 24 de outubro de 2019

Publicado .

image001

No dia 24 de outubro, o tema da Igualdade volta a dominar a agenda política e sociocultural de norte a sul do país no âmbito da comemoração do Dia Municipal para Igualdade.

No âmbito do tema nacional “Igualdade, Inclusão, Participação”, mais de 330 organizações da sociedade civil e entidades públicas realizam (a 24 de outubro e em dias próximos), em 111 concelhos, mais de 220 iniciativas (no território continental e ilhas), com vista a reforçar a temática da Igualdade junto das comunidades locais, sob o lema “Igualdade é Desenvolvimento”.

No âmbito das comemorações do Dia Municipal para a Igualdade, será também realizado um evento de reflexão sobre a Igualdade entre Mulheres e Homens na Vida Local. O evento, que decorre no Auditório da CASES em Lisboa, é da responsabilidade da Comissão Organizadora do Dia Municipal para a Igualdade, da qual a APAV participa. A inscrição é gratuita e obrigatória.

Ao longo dos últimos 10 anos, por proposta da comissão organizadora da Agenda Nacional do Dia Municipal para a Igualdade, a comemoração deste dia envolveu cerca de um milhão de pessoas, mais de nove centenas de organizações e cem concelhos, realçando a temática da Igualdade enquanto promotora de desenvolvimento e cidadania.

A desigualdade é promotora de novas e maiores vulnerabilidades. Conduz a sociedades mais pobres, menos preocupadas com os direitos das mulheres e dos homens. Produz comunidades desatentas, tolerantes a discursos marcados pelo poder.