#votosfelizes: grupo Os Mosqueteiros junta-se à APAV neste Natal

Publicado .

votos felizes os mosqueteiros

A APAV está entre as oito instituições que o grupo Os Mosqueteiros irá apoiar neste Natal.

À iniciativa juntam-se alguns nomes conhecidos dos/as portugueses/as para oferecer os seus votos de boas festas e fazer estas causas ainda mais felizes. A apresentadora Mariama Barbosa será a madrinha da APAV nesta campanha.

Até dia 24, pelo Facebook ou Twitter, pode votar na APAV uma vez por dia através do link https://www.votosfelizes.pt/.

Quantos mais votos forem contabilizados até dia 24 dezembro, mais perto ficará o grupo Os Mosqueteiros de doar o valor estipulado para a causa da APAV.

Contamos consigo!

APAV Notícias #105 | Dezembro 2019

Publicado .

A newsletter APAV Notícias, boletim informativo da APAV, apresenta um resumo das atividades mais recentes da Associação. A edição #105, de dezembro de 2019, reúne informação sobre: a cerimónia de entrega do Prémio APAV para a Investigação 20109; a apresentação do número 8 da revista Miscellanea APAV; a exposição "Olha" de Valter Vinagre na Presidência do Conselho de Ministros; e o donativo do grupo Os Mosqueteiros. A newsletter inclui ainda vários destaques.

Consulte aqui a newsletter:
APAV Notícias #105 | Dezembro 2019

Livro A Estrela de Klahan já pode ser adquirido na loja APAV

Publicado .

a estrela de klahan

O livro A Estrela de Klahan já está à venda na loja APAV.

A obra, da autoria de Ana Paula Figueira e com ilustrações de Pedro Emanuel Santos, conta a história de um menino de nove anos que pretende chamar a atenção dos adultos para a importância de todos, em particular da família, no apoio e proteção das crianças.

O livro A Estrela de Klahan inclui um audiobook, que inclui a narrativa da história e música pela voz de Gil do Carmo.

A Estrela de Klahan já está disponível online na Loja APAV!

PVP: 12,00 €

Prémio APAV para a Investigação 2019

Publicado .

IMG 0742 min

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima promoveu a cerimónia de atribuição do Prémio APAV para a Investigação 2019 no dia 12 de dezembro, nos Serviços de Sede em Lisboa.

O vencedor da quinta edição do Prémio APAV para a Investigação foi Nélson Alves Ramalho, com o trabalho “Virar Travesti: Trajectórias de Vida, Prostituição e Vulnerabilidade Social”. Este trabalho, desenvolvido no âmbito do doutoramento no Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), na Escola de Sociologia e Políticas Públicas, resulta de cinco anos de investigação e experiência com a população travesti trabalhadora do sexo. Retratando um grupo social que tem sido negligenciado pela sociedade e pelas instituições, este trabalho preenche lacunas no conhecimento científico, com ganhos relevantes não só para a problematização do género e da sexualidade, como também para a “desocultação” e visibilidade da população travesti. As dinâmicas de vitimação que atormentam esta população devem ser o mote para uma intervenção mais concertada junto de grupos especialmente vulneráveis, no qual a população travesti se inclui.

Foram ainda atribuídas duas Menções Honrosas:
- Mariana Pinto (que é também colaboradora APAV na Unidade de Apoio a Vítimas Migrantes e de Discriminação), da Faculdade de Direito da Universidade do Porto, pelo trabalho “Permanecer, abandonar ou retomar à relação abusiva: perceção de mulheres vítima de violência conjugal”.
- Sara Vera-Cruz Quintas, da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, pela investigação “Mutilação Genital Feminina na Guiné-Bissau: Para quando a sua erradicação?”.

O Prémio APAV para a Investigação, instituído pela APAV com o apoio da Fundação Montepio, destina-se a premiar trabalhos de investigação científica sobre temas ou problemas relacionados com a missão da Associação: “apoiar as vítimas de crime, suas famílias e amigos, prestando-lhes serviços de qualidade, gratuitos e confidenciais e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas públicas, sociais e privadas centradas no estatuto da vítima”.